Desratização


Utilizamos os chamados PPI 
(pontos permanentes de iscagem)

Neles são colocados tipos de produtos atrativos aos 
roedores que resultam na eliminação de 5 a 15 dias.

Somos á unica empresa com a técnica em controle de roedores, com barreira química para que o roedor não suba pelo esgoto até o seu banheiro.

Os ratos são encontrados no mundo inteiro vivendo sempre em associação com o homem, originários da Ásia. Acompanharam os homens no desenvolvimento de suas culturas até atingirem todos os continentes. Transportados por navios à partir da Índia e do Golfo Pérsico, para o Mar Vermelho, África e Mediterrâneo.

Na época das Cruzadas (século XIII e XIV) já eram combatidos com o uso de arsênico. O primeiro roedor a aparecer foi o rato de telhado (rattus rattus) e na América do Sul seu aparecimento foi no Perú no ano de 1544.

A ratazana (ratus novergicos) tem a sua origem, seguindo os mesmos caminhos, e chegando à Europa no começo do século XVIII e posteriormente a América. Adaptou-se em ambientes subterrâneos formando túneis (tocas) com grandes profundidades.

Os camundongos (mus musculus) tiveram origem na Rússia e Irã e daí disseminaram-se pelo mundo através das rotas das caravanas desde do século IX.

Os roedores são os piores inimigos do homem; causam-lhes prejuízos econômicos, transmitem doenças e são encarados como pestes caseiras.

Após a Segunda Grande Guerra Mundial foram desenvolvidas diversas técnicas e procedimentos para a eliminação dos roedores, com programas que abrangiam todas as áreas relacionadas às infestações.

Metodologias 
Classificação dos Raticidas» 
Literaturas dos Roedores
Doenças Transmitidas pelos Roedores» 
Prejuízos Econômicos
Técnicas utilizadas:
» Controle integrado de combate aos roedores através de comedouros ou cochos, com iscas associadas a essências aromáticas. 


» Controle integrado de combate aos roedores através de portas iscas, com isca tipo bloco parafinado associada a essências aromáticas.
» Controle integrado de combate a roedores através do pó de contato:
São placas de poliétileno contendo o pó de contato associado ao princípio ativo do raticida, colocadas em áreas de alimentação. Exemplo: Empresa de manufatura de alimentos, cozinhas industriais e demais áreas de riscos.

Doenças mais comuns transmitidas ao homem pelos ratos:
O rato transmite uma série de doenças, algumas delas fatais. As doenças são transmitidas pelas fezes, urina, pulgas e mordedura do rato.

Algumas Doenças Transmitidas por Ratos

Tifo Murino Febre Murina Picada da pulga do rato Rickettsia Typhi
Salmonelose Ingestão de alimentos
contaminados Bactérias Salmoneas
Triquinose Ingestão de carne infectada
com larvas de Triquinina Trinchinella Spirallis
Leptospirose Doença de Weil 
Ingestão de alimentos ou água infectada pelo excremento de ratos infectados ou ainda por meio de banhos em águas contaminadas
Leptospira Spp(a espécie) 
Febre de Mordida
do Rato Mordida do rato Spirillum minus
Peste Bubônica Picada da pulga do rato Yersínia Pestis

Prejuízo Econômico:

Os roedores são responsáveis por grandes perdas de materiais à humanidade . Os ratos roem a fim de desgastar seus dentes incisivos que são de crescimento contínuo, chegando a crescer até 13 centímetros por ano. Roer, portanto, é uma necessidade vital pois se não desgastados, os incisivos em pouco tempo impedem a própria alimentação do animal que morre por inanição. Em congresso realizado em Budapeste chegou-se a conclusão de que 25% dos incêndios são consequências da atividade dos ratos que provocam curto-circuito em fiações por aquecimento de aparelhagem, pois impregnam os mecanismos com uma resina que impede o livre fluxo da corrente.

Tendo em vista o aspecto segurança da aplicação, torna-se indispensável à aplicação das iscas envenenadas dentro de comedouros próprios (caixas de segurança com abertura para entrada de roedores) evitando assim o acesso de animais, crianças, pássaros ou irresponsáveis às iscas envenenadas.

Após um trabalho de desratização é comum o aparecimento de baratas e pulgas que devem ser imediatamente erradicadas através dos seguinte processo:

» Desinsetização - combate a insetos em geral.

Métodos de Controle - Processo:

» Identificação, análise e apresentação de sugestões para criar medidas preventivas;
» Formação de anel sanitário, isolando a população murina de suas fontes vitais;
» Identificação de colônias e aplicação de raticidas (blocos, granulados, pó) através da Instalação de unidades (PPE – Ponto Permanente de Envenenamento) com lacre inviolável em lugares seguros e previamente estudados pela equipe técnica da empresa, possibilitando assim, identificação, sinalização dos pontos comedouros, controle do consumo de raticida, etc. 


Como se prevenir contra ratos?
Só coloque lixo em sacos fechados e em lugares altos.
Nunca jogue lixo nas ruas ou em terrenos baldios.
Sempre guarde os alimentos em recipientes fechados.
Não deixe o mato alto em jardins e quintais.
Mantenha tudo limpo
Comments